Clique aqui e compre com um de nossos revendedores online

Escolha um dos nossos revendedores: ?

Como Funciona?

Ao escolher uma revendedora digital você passa a contar com uma de nossas revendedoras para assessorar sua compra no nosso site. Podendo pedir ajuda para escolher o seu produto, tirar suas dúvidas e até mesmo receber dicas de modo de uso sem custos adicionais

Se você conhece um revendedor digital pode procurá-lo digitando abaixo por seu nome ou e-mail:

Escolha um dos nossos revendedores: ?

Como Funciona?

Ao escolher uma revendedora digital você passa a contar com uma de nossas revendedoras para assessorar sua compra no nosso site. Podendo pedir ajuda para escolher o seu produto, tirar suas dúvidas e até mesmo receber dicas de modo de uso sem custos adicionais

20 revendedores encontrados

Dúvidas?

Entre em contato comigo:

Seja um RevendedorLoja Online Oficial Avon
infoFreteCompras
bannerFreteMobile

A rosa vermelha de Adônis e Afrodite

Avon

A rosa vermelha de Adônis e Afrodite

Opinião dos Consumidores:0

Leia Avaliações

Faça uma avaliação
korres-card-materia-14
A rosa vermelha de Adônis e Afrodite
Comprar

Informações

ResumoA história de paixão da mitologia grega que deu origem à rosa vermelha
Imagens Matéria/arquivos/korres-secundaria-materia-14.jpg
TagsCuidados Diários, Tratamento Facial
A paixão entre humanos e deuses esteve presente na mitologia, criando desde guerras até as mais belas flores, como a rosa vermelha que nasceu da paixão da deusa Afrodite por Adônis.

Os dois viveram um amor tão intenso que causou a inveja e a fúria. Ares, deus da guerra e amante de Afrodite, enciumado, resolveu enviar um javali para atacar Adônis com um golpe mortal. Ao tentar socorrer seu amado, Afrodite se feriu nos espinhos das rosas brancas do local e seu sangue as tingiu de vermelho. Nasceu aí a rosa vermelha.

A paixão do casal, porém, perpetuou. No submundo de Hades, Adônis despertou também o amor de Perséfone, deusa dos infernos, causando discórdia entre ela e Afrodite. As deusas tentaram de várias formas dividir o amor do rapaz, mas somente a intervenção de Zeus pôs fim às brigas. Ficou definido que Adônis passaria quatro meses livre, quatro meses com Afrodite e os quatro meses restantes com Perséfone. Assim, ele se tornou a divindade da vegetação: morria no inverno, quando descia ao submundo, e renascia na primavera, quando se juntava à Afrodite. Por isso, na primavera, Afrodite espalha pelo mundo as rosas vermelhas que, desde então, passaram a ser símbolo de regeneração e paixão intensa. Não à toa, até hoje, símbolo máximo de presente entre os apaixonados.

O amor de Adônis e Afrodite deu origem a uma das mais belas flores do mundo, dona de uma das fragrâncias mais intensas e apaixonantes. É também a primeira flor que inspirou George Korres na criação de seus cosméticos: a linha Wild Rose de Korres, a primeira e até hoje um dos best sellers da marca, é formulada a partir da Rosa Mosqueta, a rosa vermelha rica em vitamina C que revitaliza sua pele, hidrata e que clareia as marcas. Pele uniforme e iluminada, digna de uma verdadeira deusa grega.